CRAS – Centro de Referência da Assistência Social

O que é o CRAS?

É uma unidade pública responsável pela organização e oferta de serviços de proteção social básica do Sistema Único de Assistência Social (Suas) no território de abrangência. É responsável pelo desenvolvimento do Serviço de Proteção e Atenção Integral à Família (Paif), que visa fortalecer os vínculos familiares por meio de acompanhamento sociofamiliar, oficinas de convivência e encaminhamentos para a rede socioassistencial.

Público-alvo

  • Famílias em situação de vulnerabilidade e risco social
  • Beneficiários do programa Bolsa Família
  • Beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC)

Objetivo

  • Informar e orientar sobre os direitos sociais
  • Articular e fortalecer os grupos sociais locais
  • Prevenir situações de vulnerabilidade e risco social
  • Estimular e fortalecer vínculos familiares e comunitários
  • Promover o autoconhecimento e uma possível mudança na condição de vida

Serviços Oferecidos

  • Acolhida
  • Escuta qualificada por profissional da assistência social (assistente social ou psicólogo)
  • Acompanhamento social
  • Encaminhamento à rede de proteção socioassistencial
  • Inserção em oficinas e programas sociais
  • Palestras, rodas de conversa, encontros informativos

Cadastro Único

O Cadastro Único é um conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza. Essas informações são utilizadas pelo Governo Federal, pelos Estados e pelos municípios para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida dessas famílias.

Quem deve estar inscrito no Cadastro Único

Devem estar cadastradas as famílias de baixa renda:

  • Que ganham até meio salário mínimo por pessoa; ou
  • Que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total.

Programas e benefícios sociais que utilizam o Cadastro Único no Município:

  • Programa Bolsa Família
  • Carteira do Idoso;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência;
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos.

Como fazer para se inscrever no Cadastro Único:

A família que se enquadra nas rendas acima e ainda não está inscrita no Cadastro Único, pode procurar o CRAS – Centro de Referência em Assistência Social e solicitar o cadastramento,

Para que a família possa ser cadastrada, é importante:

  • Ter uma pessoa responsável pela família para responder às perguntas do cadastro. Essa pessoa deve fazer parte da família, morar na mesma casa e ter pelo menos 16 anos.
  • Para o responsável pela família, de preferência uma mulher, é necessário o CPF ou Título de Eleitor
  • Apresentar os documentos de todas as pessoas da família:
    1. Certidão de Nascimento;
    2. Certidão de Casamento;
    3. CPF;
    4. Carteira de Identidade (RG);
    5. Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI);
    6. Carteira de Trabalho; ou
    7. Título de Eleitor.

Levar um comprovante de endereço, que pode ser conta de água ou luz. Não é obrigatório apresentar, mas ajuda no preenchimento do endereço.

Importante:

Após o cadastramento da família, é importante manter os dados sempre atualizados.  Sempre que mudar algo na família, como nascimento de um filho, mudança de casa ou de trabalho ou quando alguém deixar de morar na residência, o responsável familiar deve procurar o CRAS e efetuar a atualização dos dados da família.

Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. Tem como foco de atuação os milhões de brasileiros com renda familiar per capita inferior a R$ 85 mensais e está baseado na garantia de renda, inclusão produtiva e no acesso aos serviços públicos. Esse benefício é baseado no perfil da família registrado no Cadastro Único. Entre as informações consideradas, estão: a renda mensal por pessoa (formal ou informal), o número de integrantes, o total de crianças e adolescentes de até 17 anos, além da existência de gestantes.

Acesso ao programa

As famílias interessadas devem procurar o CRAS para cadastramento e avaliação social.

Seleção

  • A seleção para recebimento do benefício se baseia nos dados informados no cadastro único
  • Para preenchimento das vagas, terão prioridade as famílias com menor renda per capita cadastradas
  • O cadastro único é nacional e não há estabelecimento de vagas por município
  • As famílias selecionadas receberão cartão eletrônico da Caixa Econômica Federal, órgão responsável pelo gerenciamento operacional do cadastro único e pagamento dos benefícios

 

Endereço e informações de contato com o CRAS Paraisópolis
Rua Duque de Caxias, 222, Centro - Paraisópolis/MG
CEP: 37.660-000

Telefone: (35) 3651-4380
Horário de Atendimento: 8h00min às 12h00min e das 13h00min às 17h00min.