Notícias e Informativos

Nota de Esclarecimento - Barragem da represa do Parque Municipal do Brejo Grande

  • Fonte: Assessoria de Comunicação
  • Publicado em: 09/05/2019
  • Assunto: Governo

A Prefeitura de Paraisópolis esclarece sobre a barragem da represa do Parque Municipal do Brejo Grande.

No dia 31 de outubro de 2018, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), detentor do licenciamento e captação de água na represa do Parque Municipal do Brejo Grande, tomou conhecimento de pequena infiltração ao lado externo da barragem.

As infiltrações foram causadas em razão das fortes chuvas, na época. Desta maneira, um pequeno trecho da estrutura perdeu vegetação, além de uma camada de terra de, aproximadamente, 30 centímetros.

De imediato, no dia 1 de novembro de 2018, a Prefeitura de Paraisópolis, juntamente com o SAAE, realizou vistoria no local para atestar os possíveis danos na barragem.

Assim, foram tomadas todas as providências básicas e necessárias para minimizar os riscos. Seguindo orientação de profissionais, foram feitas limpezas da área assoreada e dos caminhos de água; a cobertura do local da erosão com material impermeável, para que a mesma não aumentasse (sendo descoberto durante o dia para a secagem do solo e recoberto à noite) e o rebaixamento de 2,5 metros do espelho d’água para diminuir a pressão na estrutura. Ações essas monitoradas diariamente.

Em janeiro de 2019, foi feita a retirada da vegetação da ombreira da barragem, novamente, após orientação profissional. Essas ações foram comunicadas ao Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (CODEMA).

A barragem da represa do Brejo Grande foi construída entre o final da década de 60 e início da década de 80. De acordo com literatura da época, a estrutura seria “feita de cimento e ferro, tem 95 centímetros de largura, por 130 metros de extensão e 22 metros de altura”. Entretanto, de acordo com depoimentos colhidos pelo Executivo, de pessoas que trabalharam na construção da barragem, nenhuma estrutura de cimento foi construída, muito menos houve a participação do Exército Brasileiro na obra.

Após esse levantamento, por questões de segurança, o profissional consultado solicitou que o espelho d’água fosse baixado em 5 metros. Desta maneira, após o nível ser atingido, será feita a sondagem para o estudo do solo em três pontos ao longo da barragem, para se saber, de fato, quais os materiais utilizados e a maneira como a estrutura foi construída.

Após os estudos, o laudo final para os trabalhos de recuperação definitiva da barragem e posterior normatização do nível de água será feito. Além disso, uma comporta (válvula de emergência) será construída 5 metros abaixo do nível da água para a prevenção de acidentes.

Vale lembrar que o diretor de Administração da Prefeitura de Paraisópolis, Juarez José de Carvalho, explanou toda a situação ao Legislativo na reunião extraordinária do dia 29 de abril de 2019. O diretor de Administração entregou toda a documentação solicitada em requerimento aos Senhores Vereadores.

A Administração Municipal ressalta que informou a população no dia 4 de janeiro de 2019 sobre os acontecimentos, através de nota veiculada no site e na página da Prefeitura de Paraisópolis no Facebook, além da emissora de rádio local.

Curta a página da Prefeitura de Paraisópolis no Facebook
Facebook.com/PrefeituraDeParaisopolis
Siga o nosso Instagram: @prefeituradeparaisopolis