Notícias e Informativos

Bombeiros vistoriam barragem da represa do Brejo Grande e analisam trabalhos de recuperação da estrutura

  • Fonte: Assessoria de Comunicação
  • Publicado em: 17/05/2019
  • Assunto: Governo

Os Bombeiros Militares estiveram na represa do Brejo Grande para atestarem os trabalhos de recuperação da barragem, feitos pelo Executivo Municipal.

A visita aconteceu na manhã de quinta-feira, 16 de maio, e foi acompanhada pelos responsáveis do SAAE, pelo diretor de Meio Ambiente e Turismo de Paraisópolis, além do engenheiro Onofre Corrêa.

O tenente Márcio Vinícius Augusto, do Corpo de Bombeiros Militar de Itajubá, disse que “ficamos bem mais tranquilos em saber que o nível da represa está, praticamente, 5 metros abaixo da normalidade e que alguns reparos vão ser feitos no barramento”.

“Aqui é um barramento de alteamento, uma construção bastante antiga, e o poder público municipal está se preocupando, contratando empresa para auditar e poder, tecnicamente, solucionar o problema, para evitar alguma ruptura, algum problema que possa afetar as casas ao redor”.

Tenente Augusto falou da importância de baixar o nível de água para os trabalhos de reparo da barragem. “É uma forma bastante eficiente, haja vista que o volume de água, o peso que esses cinco metros, nessa área da represa, exerciam em cima do barramento. Então, ao diminuir (o nível de água) você alivia o peso e a pressão na estrutura, para que ela possa ser melhorada, fortificada, para que possa ser restaurado qualquer dano que tenha com o passar dos anos”, finalizou o militar.

O engenheiro Onofre Corrêa explicou que solicitou o rebaixamento do nível de água, primeiramente, em 2,5 metros para que se pudesse buscar algum vestígio do projeto de construção da barragem. Como nenhum indício foi encontrado, houve a solicitação para que mais 2,5 metros de água fossem baixados e, assim, diminuísse a pressão sobre a barragem.

“Pedimos o rebaixamento da represa para cinco metros, para aliviar a pressão da represa, com o intuito de procurar uma equipe especializada que fizesse um novo cálculo desta barragem”, disse Onofre. O engenheiro ressalta que o rebaixamento do nível de água é essencial. “Se tivéssemos condições de rebaixar mais um pouco, pediríamos um rebaixamento maior ainda”. 

Curta a página da Prefeitura de Paraisópolis no Facebook
Facebook.com/PrefeituraDeParaisopolis
Siga o nosso Instagram: @prefeituradeparaisopolis