Notícias e Informativos

OCORREU UMA PASSEATA LINDA HOJE PELA MANHÃ NA NOSSA CIDADE

  • Fonte: https://www.facebook.com/prefparaiso/photos/pcb.783334408491841/783333195158629/?type=3&theater
  • Publicado em: 18/05/2017

No dia de hoje, o CRAS e o Conselho Tutelar de Paraisópolis realizaram, junto com a Saúde Mental, um evento de mobilização e conscientização aos dias: “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e Dia Nacional da Luta Antimanicomial.
O evento teve o apoio da Policia Militar, durante todo o percurso da passeata, que teve a presença dos alunos das escolas estaduais Antonio Eufrásio e Eulália Gomes de Oliveira, EM Bueno de Paiva e Colégio Santa Ângela, além das crianças da Casa da Criança, abrilhantada pela Fanfarra Municipal.No encerramento da passeata, tivemos uma apresentação do Dindim, que brilhou e emocionou os presentes, além de uma linda apresentação dos alunos da APAE, ensaiados pelo professor Guilherme, na Concha Acústica da Praça Coronel José Vieira. Agradecemos a todos pela participação!

Abaixo, a história de cada data:

18 de Maio - “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pela Lei Federal 9.970/00. O Dia 18 DE MAIO é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. A proposta do “18 DE MAIO” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

18 de maio: Dia Nacional da Luta Antimanicomial: foi instituído após profissionais da saúde mental, cansados do tratamento desumano e cruel dado a usuários do sistema de saúde mental, organizarem o primeiro manifesto público a favor da extinção dos manicômios durante o II Congresso Nacional de Trabalhadores da Saúde Mental realizado em 1987, na cidade de Bauru/SP. Naquela manifestação, nasceu o Movimento Antimanicomial.